O Dia do Professor

O Dia do Professor

 

No dia 15 de outubro de 1827, Pedro I, Imperador do Brasil baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil, falava de matérias básicas, do salário e de como os professores deveriam ser contratados. Mas foi somente em 1947, que pela primeira vez se comemorou o dia do professor.

A comemoração no dia de 15 de outubro foi sugestão professor Salomão Becker que ficou famoso pela frase “Professor é profissão. Educador é missão" e o Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963, oficializou a data como feriado escolar.

Avanços foram conquistados. No RS, o Plano de Carreira, a Lei de Gestão Democrática, o percentual de 35% dos recursos para a educação, mas a Lei do Piso e da hora atividade, infelizmente ainda não cumprida na íntegra.  Profissionais, sofrem com as exigências do seu trabalho, das longas jornadas de trabalho, do salário reduzido, a desconstituição da autoridade de professor e a relativização das agressões e indisciplina dos alunos, número de alunos por classe, os problemas de saúde, a dificuldade na avaliação de alunos e a ingerência na ação pedagógica.

Um importante estudo publicado pelo Banco Mundial compara os salários de professores com o de não professores (independente da formação) em 12 países latino-americanos e ressalta que, numa comparação simples, o salário dos professores brasileiros é menor que os demais profissionais em todos os países analisados. Pesquisas também apontam o crescente processo de abandono da docência e de cursos de licenciatura à atratividade e a baixa remuneração como uma de suas principais causas.

A real valorização do magistério e por consequência dos educadores precisa ter três alicerces sólidos: boa formação inicial, boa formação continuada e boas condições de trabalho, salário e carreira. Os governos nos devem respeito, salário digno, carreira atrativa, concurso público para todas as funções e capacitação permanente e adequada ao nosso papel social de educadores. 

A escola, nosso espaço de trabalho é o lugar por onde passou a totalidade dos profissionais, pessoas que aprenderam a ler, escrever e contar. Por meio da escola, os professores tiveram e têm grande responsabilidade sobre os destinos que a sociedade tomou e toma.

Professores, não desanimem diante dos desafios, da falta de reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil, desvalorizado, mas necessário, e nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. “Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.”

No entanto, professor, que esta data permita a reflexão sobre o compromisso com a educação que queremos e que não se apague a luzinha no fim do túnel e a sua esperança de que, um dia, finalmente pela sua luta, compromisso e comprometimento, o mundo saberá reconhecer o valor das suas palavras, da sua dedicação, que apesar da dura rotina você ainda persiste e que tudo isso não é o suficiente para te fazer desistir do teu maior sonho: tornar possíveis os sonhos do mundo.

Marli H. K. da Silva
Diretora Geral do 15º Núcleo do CPERS SINDICATO




ONLINE
10